Ambiente e sustentabilidade no sistema nacional de ciência, tecnologia e inovação do Brasil

Antonio Fernando Guerra, Mara Lucia Figueiredo, Aloisio Ruscheinsky

Resumen


Este estudo apresenta esforços e debates sobre a incorporação das temáticas meio ambiente e sustentabilidade no Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. Nas tendências da produção de Ciência e Tecnologia destacam-se a importância assumida pela interação entre financiamento, sustentabilidade e sociedade, bem como a aplicabilidade e interdisciplinaridade do conhecimento. As evidências revelam multiplicidade e diferentes graus de envolvimento na trajetória da incorporação da sustentabilidade nos órgãos de financiamento, na cultura científica, nas estruturas e práticas das instituições acadêmicas. Entre os desafios futuros estão a valorização e a utilização do patrimônio cultural constituído pela biodiversidade brasileira, como valor estratégico. O obstáculo para a incorporação dos temas reporta-se à questão do financiamento público e privado como fator indutor da inovação. Espera-se que um desenvolvimento econômico priorize também a sustentabilidade humana, solidária com a vida, a biosfera e com as gerações futuras.

Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia de Creative Commons
Esta obra está licenciada bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina .

AMBIENS. Revista Iberoamericana Universitaria en Ambiente, Sociedad y Sustentabilidad. Publicación de la Alianza de Redes Iberoamericanas de Universidades por la Sustentabilidad y el Ambiente (ARIUSA).ISSN en línea 2346-9269

http://www.ariusa.net revista.ambiens@gmail.com