Ética, estética e psicopedagogia no ensino da literatura infantil: a circulação do pensamento do uruguaio Jesualdo Sosa no Brasil do século XX

Fernando Rodrigues de Oliveira

Resumen


Com os objetivos de contribuir para a reflexão sobre a importância e influência do pensamento de Jesualdo Sosa no ensino da literatura infantil no Brasil e contribuir para a compreensão da circulação de modelos pedagógicos latino-americanos no contexto brasileiro, focalizam-se, neste artigo, aspectos do pensamento sobre literatura infantil formulado pelo educador e poeta uruguaio Jesualdo Sosa (1905-1982) e contido no livro La literatura infantil. Esse livro, publicado, em 1944, pela Editorial Losada (Argentina), teve ampla circulação entre educadores brasileiros preocupados com as questões da literatura infantil, tornando-se o principal referencial teórico sobre o assunto. Em decorrência desses aspectos, La literatura infantil foi traduzido para o português e publicado, em 1974, pela Editora Cultrix (Brasil). Os resultados obtidos por meio da análise desse livro possibilitaram compreender que, embora pensado e elaborado com base no contexto educacional e literário do Uruguai e do México, países onde atuou Jesualdo Sosa, ele foi amplamente divulgado e utilizado entre educadores brasileiros, tornando-se referência recorrente nos manuais pedagógicos e em pesquisas sobre literatura infantil. Esse livro contribuiu, assim, significativamente para a constituição de um modo específico de se pensar e se compreender a literatura infantil e seu ensino, no Brasil.


Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia Creative Commons
Los trabajos publicados en esta revista están bajo la licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina.

Historia de la Educación. Anuario . ISSN en línea 2313-9277. Sociedad Argentina de Historia de la Educación. Puan 480, 4to piso C.A.B.A. Tel. (54-11) 4432-0606, int. 126 http://www.sahe.org.ar/ anuario.sahe@gmail.com