Fabulário geral do delírio cotidiano: questão agrária e fato jornalístico

Paulo Villaça

Resumen


O artigo levanta questões a respeito da natureza das relações de poder no Brasil, particularmente a concentração de terras e mídia. O papel desempenhado pela grande imprensa monopolizada na construção de um determinado consenso social sobre o universo rural. A imprensa entendida como instituição participante do bloco no poder, no sentido da legitimação e reprodução do modelo econômico dominante. Como o fato jornalístico interpreta a questão agrária no Brasil, naturalizando o conflito e instituindo uma realidade social favorável ao agronegócio, em detrimento das demandas dos movimentos sociais dos trabalhadores.

Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia Creative Commons
Los trabajos publicados en esta revista están bajo la licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina.

Coordenadas. Revista de Historia Local y Regional ISSN en línea 2362-4752. Centro de Investigaciones Históricas de la Universidad Nacional de Río Cuarto (CIH-UNRC). Oficina 23, Ruta Nacional 36 Km 608 [5800] Río Cuarto, Córdoba, República Argentina. Teléfono: (54)(0358) 4676291 - 293. http://www.hum.unrc.edu.ar/centros/cih/ | redes sociales: www.facebook.com/cihunrc.unrc cihunrc@hum.unrc.edu.ar