A Psicanálise Dos Psicólogos No Rio De Janeiro Dos Anos 1970.

Ana Cristina Figueiredo

Resumen


Este texto resulta de uma pesquisa sobre a trajetória do movimento psicanalítico no Rio de Janeiro no período de 1970 que envolve diretamente os psicólogos e produz uma demanda crescente de formação. Destacam-se dois períodos: a primeira metade da década de 70 caracteriza-se pela ampliação do campo psicanalítico que comporta um certo ecletismo de teorias e práticas tendo os psicólogos como principais  agentes desse processo, apoiados no projeto político dos psicanalistas argentinos que chegam ao Brasil, constituindo o que chamamos de uma “psicologia psicanalítica”; a segunda metade da década de 70 apresenta os efeitos desse movimento com a desestabilização da hegemonia das sociedades oficiais formadoras de psicanalistas de origem médica e o surgimento de novas instituições de formação lideradas por psicólogos.

Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia de Creative Commons
Esta obra está licenciada bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina .

Cultura Psi. Revista del Centro de Investigaciones Sociales del Instituto de Desarrollo Económico y Social. ISSN en Línea 2313-965x. Aráoz 2838 (C1425DGT), Buenos Aires, Argentina. Tel: (54 11) 4804-4949. Fax: (54 11) 4804-4949 http://saberespsi.ides.org.ar/ editor@culturaspsi.org