Os saberes psicológicos dos jesuítas numa novela alegórica produzida no Brasil colonial

Marina Massimi

Resumen


O artigo analisa na perspectiva da história do conhecimento psicológico uma narrativa produzida no Brasil no final do século XVII: a novela alegórica História do Predestinado Peregrino e de Seu Irmão Precito (1682). O autor do romance é um expoente importante da Companhia de Jesus no Brasil, que passou a ocupar o cargo de Provincial do mesmo: Padre Alexandre de Gusmão. Os resultados mostram que a novela propõe uma articulação entre a dimensão psíquica e espiritual, necessária e decisiva para a saúde e a cura das doenças anímicas. A atuação do dinamismo psíquico depende da escolha de um destino apropriado.


Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia de Creative Commons
Esta obra está licenciada bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina .

Cultura Psi. Revista del Centro de Investigaciones Sociales del Instituto de Desarrollo Económico y Social. ISSN en Línea 2313-965x. Aráoz 2838 (C1425DGT), Buenos Aires, Argentina. Tel: (54 11) 4804-4949. Fax: (54 11) 4804-4949 http://saberespsi.ides.org.ar/ editor@culturaspsi.org