As cartas dos Povos indígenas ao Brasil: a construção do arquivo 2000-2015

Suzane Lima Costa

Resumen


Neste artigo, apresento os caminhos teóricos e metodológicos escolhido para a criação do arquivo digital público das cartas produzidas pelos povos indígenas nos últimos quinze anos e encaminhadas ao Brasil. Além de discutir os modos de seleção dessas correspondências, que hoje circulam nas redes sociais e em portais de notícias dentro e fora do país, analisarei também a construção desse destinatário -o Brasil- e os modos como essas cartas podem ser lidas como manifestos políticos e/ou como escritos biográficos, que ativam questões para uma compreensão dos usos coletivos desse tipo de texto entre os indígenas. Por fim, explicarei como, com a montagem desse arquivo pretendo produzir uma discussão sobre o espaço autobiográfico, que vem sendo produzido por esses povos, para apresentara emergência autoral do sujeito histórico indígena na formação política/literária do Brasil.


Palabras clave



Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Creative Commons License Los trabajos publicados en esta revista están bajo la Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported (CC BY-NC-SA 3.0)Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 3.0 Unported (CC BY-NC-SA 3.0)

Memoria Americana. Cuadernos de Etnohistoria. ISSN 1851-3751 (en línea) e ISSN 0327-5752 (impreso)

macecomite@yahoo.com 
http://antropologia.institutos.filo.uba.ar

Sección Etnohistoria del Instituto de Ciencias Antropológicas. Facultad de Filosofía de la Universidad de Buenos Aires. Puán 480, piso 4°, of. 405. C1406CQJ. Ciudad Autónoma de Buenos Aires. República Argentina

Teléfono: 54-11-5287-2848