A avaliação no ensino de Física: práticas e concepções dos professores

Cleci Werner da Rosa, Luiz Marcelo Darroz, Tomas Edson Marcante

Resumen


O presente trabalho aborda o processo de avaliação da aprendizagem escolar, detendo-se ao contexto da disciplina deFísica, no Ensino Médio. Ao analisar as concepções de avaliação da aprendizagem que estão presentes na escola, pormeio de pesquisa bibliográfica, este estudo apresenta os sentidos que o ato de avaliar acarreta na vida social e o modocomo estes são utilizados dentro da proposta de avaliação das escolas, explicitando diferentes formas de conceber eexecutar a avaliação dos estudantes. Nessa linha, projetando o olhar para a disciplina de Física, foi realizada umapesquisa de campo, com dez educadores de escolas públicas, onde se questionou acerca da proposta de avaliação quecada docente utiliza em sua atuação junto a essa disciplina, em turma de Ensino Médio. Como resultado da análise,evidenciou-se que a concepção de avaliação da aprendizagem que predomina nas aulas de Física, no Ensino Médio,ainda se ampara em uma perspectiva somativa, tendo a nota e os aspectos quantitativos como principais pressupostos doato avaliativo, preponderando a verificação sobre a avaliação da aprendizagem. Desse modo, a avaliação daaprendizagem, dentro do contexto analisado, ainda remete à ideia de que avaliar é um ato finito e que se encerra quandodelegada uma nota ao aluno, descomprometendo-se com a aprendizagem.

Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia de Creative Commons
Esta obra está licenciada bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina .

Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias. ISSN 1850-6666 UNCPBA-NIECyT-CONICET Pinto 399 -  C.P. 7000 Tel. 0054 0249 4439653 Tandil, Buenos Aires, Argentina. reiec@exa.unicen.edu.ar