Educação em Saúde na formação de professores de Ciências Naturais

Aline Firminio Sampaio, Mariana de Senzi Zancul, Jeane Cristina Gomes Rotta

Resumen


O objetivo do trabalho foi identificar as concepções dos licenciandos em Ciências Naturais da Faculdade UnB Planaltina (DF), Brasil, sobre a temática Educação em Saúde, analisar e discutir a respeito da inserção dessa temática na proposta curricular desse curso de graduação. Para tanto, foi aplicado um questionário a 55 licenciandos que cursavam entre o 6º e o 10º período do curso de graduação. Além disso, foram analisados o Projeto Político-Pedagógico e as ementas das disciplinas obrigatórias e optativas que compõem a grade curricular do curso. Os resultados obtidos ao longo da pesquisa indicam que muitos licenciandos apresentam concepções limitadas a respeito de Educação em Saúde, assinalando, predominantemente, por uma abordagem tradicional. Os resultados também evidenciam que uma discussão mais ampla sobre a temática Educação em Saúde não está presente no curso. Nesse sentido, defendemos a existência de uma Educação em Saúde voltada para a reflexão crítica da realidade deve estar presente nas escolas, e para tanto, é fundamental que o professor de ciências seja bem preparado, desde a sua formação inicial.

Texto completo

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Licencia de Creative Commons
Esta obra está licenciada bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina .

Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias. ISSN 1850-6666 UNCPBA-NIECyT-CONICET Pinto 399 -  C.P. 7000 Tel. 0054 0249 4439653 Tandil, Buenos Aires, Argentina. reiec@exa.unicen.edu.ar